Cacauicultores baianos lamentam falecimento de Jose Carlos Maltez - Mercado do Cacau
Aguarde! Carregando...
X

Mercado do Cacau

Cacauicultores baianos lamentam falecimento de Jose Carlos Maltez

Cacauicultores baianos lamentam falecimento de Jose Carlos Maltez
  • 10
  • ★★★★★

Faleceu na tarde de hoje, 03/05/21 em Ilhéus-Ba, o cacauicultor José Carlos Maltez Bastos. Vítima de complicações pós cirúrgicas, Maltez deixa um forte legado para cultura do cacau, a qual, cultivava dentro dos mais elevados padrões na fazenda Limoeiro, localizada no município de Aurelino Leal. Produzindo amêndoas de alta qualidade, voltadas para fabricar o chocolate, MALTEZ, caracterizava-se como produtor aplicado e participava ativamente das atividades voltadas para melhoria da cadeia produtiva do cacau. Diversos produtores manifestaram o sentimento da lacuna que o grande guerreiro deixará.

Os amigos do projeto 500 também, manifestaram votos de sinceros sentimentos a família do saudoso Jose Carlos.

Fonte: mercadodocacau

Deixe seu comentário para Cacauicultores baianos lamentam falecimento de Jose Carlos Maltez

Já temos 10 Comentário(s)! Deixe o Seu :)

Resposta de Andrey Miranda

Obrigado por tudo 'Seu Maltez'. (era como eu o chamava). Fiquei sabendo hoje desta triste notícia. Há pouco tempo conheci o senhor e eu ainda iniciando na lida da cacauicultura,escutava atento tudo que me falou. Lembrarei do senhor pra sempre. Lá no céu o senhor vai encontrar meu avô, um cacauicultor que dedicou também toda vida a essa cultura. Que Deus o receba. Gratidão.

★★★★★ Em 10-05-2021 às 14-40h Responder 5

Resposta de Valnei Pestana

Com grande tristeza recebemos essa notícia. Perdemos uma pessoa-exemplo na cultura do cacau, visionário progressista, que apesar de ter iniciado apenas no cultivo da fruta do cacau, imediatamente aderiu a ideia de progredir com o beneficiamento desse produto e comercializacao. Uma das fontes de minha inspiração e admiração. Saudade de você Maltez

★★★★★ Em 04-05-2021 às 11-15h Responder 5

Resposta de Ney Maron de Freitas

Uma pessoa da melhor qualidade que fará muita falta em todos os ambientes nos quais circulava. Primo estimado e referência pessoal no cuidado com o cacau, devo a ele a minha inserção no Projeto 500 que está possibilitando a recuperação da minha fazenda. Que Deus ampare a sua família e ele siga seu caminho sempre iluminado e com a certeza de ter sido muito querido e valoroso.

★★★★★ Em 04-05-2021 às 08-18h Responder 5

Resposta de IVAN COSTA E SOUSA

Grande guerreiro, amigo de fé, defensor da região, da cacauicultura e da Ceplac, pioneiro do projeto 500, Coordenador do primeiro grupo do projeto 500 em Ilhéus. Incentivador a grande virada da alta produtividade, adorava a nova tecnologia e as grandes técnicas. Grande conciliador , grande amigo e irmão, Os funcionários da CEPLAC tem um grande respeito a esse cara, primeiro nome citado por todos como defensor do cacau. A minha gratidão pelos ensinamentos, pelos momentos, pelas conversas, pela defesa da região, pela ajuda e a amizade. Me despeço desejando paz e sei que quem sempre plantou o bem colherá o bem e estará sempre com os bons e estará sempre bem. Descanse depois peça como trabalho no mundo espiritual trabalhar por esta região que estaremos bem servidos pois está preparado para esta tarefa. um abraço fraterno.

★★★★★ Em 03-05-2021 às 22-06h Responder 5

Resposta de Antonio Walter Júnior

Tombou um grande Jequitibá da regiao cacaueira do Sul da Bahia. Fica uma lacuna imensa. Sentiremos saudades do Maltez...pense um cabra Cortês !

★★★★★ Em 03-05-2021 às 22-02h Responder 5

Resposta de EDSON ALMEIDA GONÇALVES

Grande amigo Maltez, vai fazer muita falta também no ciclo farmacêutico, onde nos conhecemos n no início da década de 70, na faculdade de farmácia da ufba, e depois nos encontramos em Ilhéus, quando fui trabalhar numa indústria de processamento de amendoas de cacau, na década de 90 até os anos de 2010. Muito obrigado amigo, pela sua contribuição profissional por onde passou.

★★★★★ Em 03-05-2021 às 22-00h Responder 5

Resposta de Milton Andrade Júnior

Amigos, até agora estou impactado com a notícia da perda do amigo Maltez. Perdemos não só um amigo, mas um dedicado produtor de cacau e chocolate e uma grande liderança da cacauicultura regional. Certamente fará muita falta entre nós como cidadão, Pai de família e amigo de todos aqueles que dele se aproximava. DEUS conforte os familiares nesse momento tão difícil para todos.

★★★★★ Em 03-05-2021 às 21-54h Responder 5

Resposta de Lola Gedeon

Grande amigo de luta continua m, vai fazer muita falta.

★★★★★ Em 03-05-2021 às 20-43h Responder 5

Resposta de Tadeu Amaral de Carvalho

Se vai um grande amigo de juventude meu pai foi amigo do pai dele é nos viemos nos conhecer no colégio Central. A cacaiciltura perde um colaborador e entusiasta fica o seu legado. Que Deus lhe receba de braços abertos

★★★★★ Em 03-05-2021 às 20-12h Responder 5

Resposta de José Roberto A. Benjamin

Grande amigo. Um guerreiro do cacau . Vai fazer muita falta. Valeu, velho Malta.

★★★★★ Em 03-05-2021 às 18-35h Responder 5
Avalie Este Conteúdo: 1 2 3 4 5
[Aguarde, Buscando Dados!]
Notícias Relacionadas

Publicidade

Vídeos

Vídeos