Nestlé lança plano de luta contra o trabalho infantil no cacau - Mercado do Cacau
Aguarde! Carregando...
X

Mercado do Cacau

Nestlé lança plano de luta contra o trabalho infantil no cacau

Nestlé lança plano de luta contra o trabalho infantil no cacau

A gigante suíça de alimentos Nestlé lançará um plano para combater o risco de trabalho infantil no cacau, triplicando seus gastos para estabelecer medidas de apoio aos produtores - anunciou a empresa nesta quinta-feira (27).

O grupo suíço prevê aumentar estes recursos para US$ 1,4 bilhão durante a implementação progressiva deste programa, que visa a incentivar as crianças a frequentarem a escola e a promover práticas agrícolas regenerativas, detalha, em um comunicado.

Ainda conforme a nota, o grupo planeja pagar um bônus para melhorar as condições de vida das famílias nas plantações de cacau.

Estes vão se somar às gratificações já instituídas pelos governos da Costa do Marfim e de Gana, e às bonificações para cacau certificado já pagas pelo grupo, completa o comunicado.

Em 2019, Costa do Marfim e Gana implementaram o chamado bônus de "diferencial de renda decente", que prevê um pagamento suplementar de US$ 400 por tonelada de cacau para os agricultores.

No programa da Nestlé, as famílias poderão ganhar até o equivalente a US$ 543 por ano nos primeiros dois anos, com o bônus mais alto antecipado para ajudar a acelerar a implementação de boas práticas agrícolas, explica a empresa.

Em seguida, será reduzido para o equivalente a US$ 272, "quando o programa começar a produzir resultados tangíveis".

Esse bônus não dependerá do volume de cacau vendido, com o objetivo de dar "um apoio significativo aos pequenos agricultores".

O programa prevê a distribuição dos pagamentos com o cônjuge responsável pelas despesas da casa e dos cuidados com os filhos, a fim de contribuir para o empoderamento das mulheres.

Em 2020, a Nestlé lançou um projeto piloto em com 1.000 agricultores na Costa do Marfim e, agora, planeja expandir esse programa para 10.000 famílias, antes de implementá-lo em Gana, em 2024.

Após a fase de testes, o grupo avaliará os ajustes necessários até expandi-lo para todas as famílias de produtores em toda sua cadeia de suprimentos global entre agora e 2030, diz.

Deixe seu comentário para Nestlé lança plano de luta contra o trabalho infantil no cacau

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR ESTE POST! Deixe agora o Seu Comentário :)
Avalie Este Conteúdo: 1 2 3 4 5
[Aguarde, Buscando Dados!]
Notícias Relacionadas