CACAU - SEMANAL 03/06/2021 Mercado de Futuros - Mercado do Cacau
Aguarde! Carregando...
X

Mercado do Cacau

CACAU - SEMANAL 03/06/2021 Mercado de Futuros

Por Caio Santos - Operador de commodities agricolas da Stone X 

Após a queda da penúltima semana, na semana passada os preços do cacau de NY voltaram a se recuperar, encontrando suporte no contexto altista dos mercados globais. Embora ainda se espere que o cacau volte a subir este ano - devido à recuperação do esmagamento global, uma vez que se espera que com o avanço da vacinação as mediadas de isolamento sejam flexibilizadas, bem como as restrições de viagem - ainda há muito produto disponível da África, e é provável que o cacau caia um pouco mais antes de encontrar um piso no curto prazo.

Na semana passada tivemos alguns fatores que ilustram o ambiente atual entre a oferta e a demanda. As chegadas de cacau na Costa do Marfim atingiram 1.997 mil toneladas métricas no final de maio, 7,9% acima das chegadas acumuladas na mesma data de 2020, e o recorde de chegadas acumuladas para esta época da temporada. Seguindo na mesma direção, a ICCO divulgou no início desta semana suas revisões para os números de 2020/21 para oferta e demanda, aumentando sua previsão de produção global 2020/21 de 4,84 milhões para 5,02 milhões (alta recorde) e aumentando a estimativa de moagem global de 4,69 milhões para 4,81 milhões. Com os ajustes, sua estimativa para 2020/21 aumentou de um superávit de 102.000 para 165.000 toneladas.

Os números refletem a condição confortável em termos de fornecimento para esta temporada, e os preços refletem esse cenário. Para a próxima temporada, o contexto deve ser mais altista, pois nossas estimativas preliminares para 2021/22 indicam um déficit de 93.000 toneladas, já que as condições climáticas nos principais produtores da África Ocidental não têm sido favoráveis e a demanda provavelmente continuará a aumentar ao longo do próximo ano.

O relatório do CFTC para a semana que terminou em 25 de maio mostrou que especuladores voltaram a comprar, elevando sua posição bruta comprada em 4.795 lotes e aumentando a posição vendida em apenas 119 lotes, promovendo um aumento de 4.676 contratos no saldo comprado líquido. Apesar do movimento, os especuladores ainda se encontram pouco comprados em cacau, em reflexo dos fundamentos atuais. Contudo, dada a atratividade das commodities como categoria de investimento e as perspectivas de fundamentos mais altistas para o ano que vem, é provável que a categoria volte a aumentar sua participação nos negócios de cacau na bolsa, montando uma posição comprada maior ao longo dos próximos meses.

De um ponto de vista técnico, os preços do cacau continuam dando sinais de fraqueza, permanecendo abaixo das principais médias móveis e incapazes de encontrar apoio acima de 2500. O mercado deve permanecer em baixa no curto prazo, mas é necessário um fechamento abaixo de 2452 para promover uma reativação da força vendedora capaz de reaproximar os preços das mínimas do ano. Um fechamento acima de 2498 marcaria uma reversão dessa condição no curto prazo.

Deixe seu Comentário em CACAU - SEMANAL 03/06/2021 Mercado de Futuros:

Sua participação é muito importante para nós!

Colunas Relacionadas