O Cacau do Brasil Virou Chocolate Premiado! - Mercado do Cacau
Aguarde! Carregando...
X

Mercado do Cacau

O Cacau do Brasil Virou Chocolate Premiado!

Tuta e Juliana Aquino

31/01/2021

Diferente de outros países Latino-Americanos e do Caribe como Trinidad, Venezuela, Peru e Equador, o Brasil nunca foi conhecido internacionalmente como uma “origem de cacau” de qualidade sensorial superior para fabricação de chocolate. Os produtores nacionais sempre foram incentivados a buscar volume e pouco se pesquisou em termos de melhoria do sabor das nossas amêndoas durante os anos 1960 a 1990.

Isso não quer dizer que o cacau do Brasil não tivesse uma certa qualidade.  Muitos lembram do “Cacau Bahia Superior”, um tipo de cacau Baiano com tratamento cuidadoso na fermentação e secagem, que por muitos anos recebeu um sobre-preço na bolsa de Nova Iorque como reconhecimento desse diferencial na qualidade. Nossa produção nacional, que no auge dos anos 70 e 80 chegou perto das 400mil Toneladas anuais, teve na Bahia o grande responsável pela maior parte destes totais.

Nas duas últimas décadas muito tem mudado e de forma bem rápida em relação ao mercado mundial de cacau e chocolate, não só com o surgimento do movimento Bean to Bar nos EUA, iniciado no final dos 1990s e firmado nos 2000, mas também no investimento em variedades com qualidades sensoriais por países produtores de cacau.

Isso trouxe para os “Chocolate Makers” mundo afora uma busca mais intensa por cacau de alto padrão sensorial. Países onde esta qualidade sensorial conseguiu reconhecimento e unanimidade se destacaram e atingiram uma valorização traduzida em preços que podem ir de 2 a 3 vezes o valor do “cacau commodity”.

Essa tendência de valorização do cacau de qualidade, que é muito associada à filosofia Bean to Bar, onde o cacau é produzido não só com qualidade mas também com respeito ambiental, social, trazendo rastreabilidade e uma relação direta entre chocolate maker e produtor, criou uma forma de se enxergar o cacau como uma “commodity premium”.   

Já no mercado interno, tanto em relação à qualidade como também ao volume, onde a chegada do estado do Pará como grande produtor de cacau tem mudado o panorama nacional, estamos vendo grandes movimentos em relação a conscientização do produtor nacional de cacau que agora vem na busca constante da melhoria da qualidade, profissionalização de sua lavoura, acúmulo de conhecimento técnico e mais atenção ao pós-colheita.

Mas é muito importante para todos nós envolvidos na cadeia de cacau e chocolate saber que o Brasil está hoje em uma situação privilegiada como um dos poucos países produtores de cacau que agora também é um país produtor de chocolate. E de chocolate de altíssima qualidade!

O caminho que vem sendo trilhado na produção do chocolate Tree to Bar e Bean to Bar Brasileiros, que só nos últimos 5 anos deu um salto no número de novas marcas nacionais, mostra principalmente a qualidade dos produtos destas novas empresas.

E essa qualidade está sendo comprovada com a premiação internacional de vários fabricantes ou “makers” brasileiros que só nos últimos 3 anos estão sendo reconhecidos com medalhas de Ouro, Prata e Bronze nas mais importantes competições mundiais como Academy of Chocolate Awards e International Chocolate Awards.  Para se ter um parâmetro, as marcas ligadas à Associação Bean to Bar Brasil acumulam nestes últimos 3 anos mais de 75 prêmios internacionais, muitos deles Ouro em categorias de alta concorrência mundial, como o tradicional chocolate 70%! Não é pouca coisa!

Estamos competindo de igual para igual com os melhores chocolates do mundo, aqueles produzidos com cacau das melhores “origens sensoriais”, reconhecidas e estabelecidas há décadas.

Isso faz o nosso cacau vir junto com todos estes chocolates premiados para também se firmar no mercado internacional e conquistar seu merecido “lugar ao sol” como um país que SIM tem cacau de qualidade e com inúmeras nuances sensoriais até então desconhecidas.

O reconhecimento em 2019 do Brasil como origem e produtor de “Cacau fino de Aroma”  pela ICCO (International Cocoa Organization) ajuda a chancelar nossa busca por este reconhecimento mundial.

Há muito interesse do mercado mundial consumidor em conhecer novas barras de chocolate com opções de origens de cacau que tragam novas experiências sensoriais. É a oportunidade do Brasil, que agora produz ótimos chocolates, conquistar os exigentes paladares mundo afora. Acredito que seremos a “bola da vez” no chocolate Bean to Bar nos próximos 5 anos.

E vou além para afirmar que por ser um país continental onde as regiões produtoras ocupam biomas com particularidades únicas, o Brasil tem o potencial de se estabelecer firmemente como uma “origem de cacau” com dezenas, se não, centenas de sub-origens, cada qual com valores sensoriais atrelados à suas variedades de cacau e diferentes terroirs.

É um potencial imenso a ser descoberto, não só pelos Chocolate Makers Brasileiros, que hoje são os maiores parceiros dos produtores de cacau, mas também pelos Chocolate makers de todo o mundo! Afinal, esse cardápio brasileiro de cacau de qualidade está vindo com força.  Será um desafio mas agora o cacau tem muito respaldo de comprovadas experiências nacionais de sucesso no chocolate.

Já temos adeptos de nosso cacau na Europa há anos com alguns pioneiros como João Tavares, muito premiado pela qualidade de suas amêndoas e já fornecedor para Chocolate Makers Europeus, mas agora também nos EUA onde alguns produtores como nós do Vale Potumuju e o Cacau Bahia da Fazenda Camboa, tem conquistado marcas importantes Americanas como Dandelion Chocolate e Dick Taylor Chocolate, entre outras que lançam “barras de origem Brasil”.

São portas que se abrem, mas agora o cacau vem de mãos dadas ao Chocolate de alto padrão nacional para mostrar tudo o que o Brasil é capaz como origem! Com muita atenção e dedicação ao trabalho devemos buscar manter um padrão internacional sempre com consistência. Vamos todos valorizar e incentivar nosso mercado interno mas também buscar firmar de vez o Brasil como uma origem de cacau respeitada e procurada pelos melhores Chocolate Makers do mundo!

Afinal nosso Cacau já virou chocolate premiado lá fora!  

Tuta Aquino

@valepotumuju

@baianichocolates

Deixe seu Comentário em O Cacau do Brasil Virou Chocolate Premiado!:

Sua participação é muito importante para nós!

Colunas Relacionadas

Publicidade

Vídeos

Vídeos